Remédios

Tratamento do alcoolismo – opções de remédios existentes

Recentemente a mídia divulgou pesquisas a respeito do desenvolvimento de uma pílula que reduziria os impactos do álcool em algumas células do cérebro e que faria a pessoa que está bebendo ficar sóbria novamente

Tal pílula usaria a substância iomazenil, que consumida antes da bebida, poderia diminuir os efeitos que o álcool traz ao cérebro. E ao reduzir o prazer que o alcoólatra sente ao beber, tal pílula ajudaria no tratamento do alcoolismo.

Remédios para tratamento do alcoolismo não são novidade e já tem até certo tempo que estão disponíveis no mercado.

Os remédios para tratamento do alcoolismo, resumidamente, agem de duas maneiras principais:

  • Inibindo o prazer que o consumo do álcool dá; e
  • Reduzindo os efeitos da abstinência, quando o alcoólatra bebe não pelo prazer mas sim para evitar os efeitos da abstinência.

Nenhum deles representa a cura do alcoolismo já que não atacam as causas mas apenas diminuem (ou estragam completamente) o prazer proporcionado pelo álcool ou a necessidade de beber.

Abaixo listamos os remédios para tratamento do alcoolismo mais conhecidos.

 Continue a ler »Tratamento do alcoolismo – opções de remédios existentes

Remédio para emagrecer ? A ANVISA quer só o Xenical

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) quer banir de vez a comercialização de todas as drogas usadas para emagrecer que atuam no sistema nervoso central: a sibutramina e os derivados de anfetamina (femproporex, dietilpropiona e mazindol).

Pela ANVISA a única droga para o tratamento da obesidade que continuará liberada será o orlistate (Xenical), que atua diretamente no intestino, reduzindo em cerca de 30% a absorção de gordura.

Continue a ler »Remédio para emagrecer ? A ANVISA quer só o Xenical

Faseolamina, do feijão branco ao controle da obesidade e da diabetes

A partir do momento em que a obesidade tornou-se uma epidemia vários produtos surgiram no mercado prometendo um emagrecimento instantâneo, assim como vieram à luz dietas milagrosas e dicas de todos os tipos.

Alguns cientistas dedicaram-se a estudar os alimentos que mais engordam e chegaram aos carboidratos. Os carboidratos são a principal fonte de energia, é preciso que estejam na alimentação, mas seu excesso obviamente engorda.  Pensando nisso, cientistas de todo o mundo começaram a investigar a faseolamina, uma substância extraída do feijão branco.

A faseolamina tem como propriedade inibir a atividade de uma enzima, de nome alfa-amilase humana, que é responsável pela transformação do amido (carboidrato que constitui a reserva energética dos vegetais, sendo encontrado em massas, batatas, arroz, etc) em glicose. Essa enzima, presente na saliva e liberada pelo pâncreas no intestino, atua após a alimentação, durante o processo de digestão, quebrando os amidos ingeridos e convertendo-os nos açúcares da circulação sangüínea, o que irá causar o aumento da glicemia (taxa de açúcar no sangue).   Ocorrendo sua inibição o amido não é digerido nem absorvido, passando diretamente ao intestino, com subseqüente eliminação pelas das fezes.

O poder das ervas: vida natural – André Rezende – Livro

Apresentado de forma simples e prática expõe a melhor forma de como utilizar e preparar soluções terapêuticas, essências medicinais, óleos extraídos das plantas, chás, sucos, xaropes, pomadas, pastas terapêuticas, etc.

Aqui você também irá aprender sobre o poder dos chás medicinais; os elementos básicos da alimentação que equilibram o organismo; as plantas de A a Z; o poder dos sucos; o poder das flores, tendo as noções básicas sobre os florais de Bach.

Dicas para manter a beleza e saúde, e ainda uma infinidade de receitas e dicas caseiras na prevenção e cura de várias doenças. O livro contém 83 fotos coloridas de ervas.

 

books Título: O poder das ervas: vida natural

Autor: André Rezende

Editora: IBRASA, 2006

ISBN: 8534802750, 9788534802758

Num. págs.: 373 páginas

teste

Leia este livro aqui !

Continue a ler »O poder das ervas: vida natural – André Rezende – Livro

Remédio para emagrecer aumenta risco de enfarte, diz estudo

Reeducação alimentar e prática de exercícios podem ser o segredo da boa forma, porém muitas pessoas acabam recorrendo a fórmulas rápidas. Os remédios de emagrecimento são uma tentação para quem quer perder os quilinhos indesejados. A sibutramina é um exemplo de componente de diversos medicamentos que são usados indiscriminadamente por homens e mulheres, principalmente jovens, sem prescrição médica. Pesquisa feita na Europa concluiu que a substância aumenta em 16% o risco de infarto e derrames em pacientes que a utilizam. No dia 21 de janeiro, a venda de remédios com a substância foi proibida no continente. No Brasil, o componente recebeu restrições de uso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).Continue a ler »Remédio para emagrecer aumenta risco de enfarte, diz estudo