Dormência, possíveis doenças e tratamentos sugeridos

Descrição de dormência

Sensação de peso nos membros, com formigamentos e dificuldade de se movimentar.

Manifestações:

  • Membros Superiores: ­ Dedos amortecidos – Acrocianose; Hipertensào arterial.
  • Membros Inferiores: ­ Arteriosclerose –  Insuficiência circulatória.

A dormência pode ser sintoma de:

Acrocianose

Rubefação violácea dos membros, que aumenta com as emoções e com o frio.

Hipertensão arterial

Aumento da pressão sanguínea nas artérias, que se traduz em dormência dos dedos, cãibras e zumbidos nos ouvidos.

Arteriosclerose

Espessamento das paredes arteriais traduzindo-se em grande fadiga física e intelectual, assim como em formigamentos e cãibras.

Insuficiência circulatória

Circulação do sangue deficiente, ocasionando uma sensação de peso nos membros inferiores, acompanhada de dormência.

Tratamentos naturais da dormência

Acupuntura

A colocação de agulhas feita por um especialista pode proporcionar um verdadeiro alivio.

Balneoterapia

Banhar os braços em água fria, pela manhã, durante 3 minutos; secar sem toalha, balançando os braços ritmadamente em posição vertical (3 minutos); andar descalço na grama úmida , pela manhã, durante 5 minutos; duchas ou afusões frias sobre os membros atingidos (3 minutos).

Climatoterapia

Procurar um clima calmo, de preferência o campo; evitar a beira-mar ou a grande altitude.

Dieta

Cozinhar com alho ou cebola, condimentando com canela do Ceilã; comer dente-de-leão; lutar contra a obesidade com o auxílio de um regime pobre em gorduras e sal.

Ergoterapia

Andar diariamente; exercícios moderados; deitar com as pernas elevadas.

Fitoterapia

  • Alcachofra (folhas): Decocção de 50 g por litro; deixar descansar 15 minutos; tornar 3 xícaras ao dia;
  • Alho (bulbo): Deixar macerar, durante 15 dias, 25 g de dente de alho picado em 100 g de álcool a 70°C; tomar 30 gotas ao dia misturadas num pouco de água;
  • Cebola: Deixar macerar, durante uma semana, 500 g de cebola picadas num litro de vinho branco seco; filtrar; acrescentar, então 100 g de mel; tomar 3 copos ao dia;
  • Repolho (folhas semas nervuras): Maceradas numa decocção concentrada de vinho tinto; cobrir as partes doloridas com uma faixa dobrada em 3 e conservá-la no local, sem apertar; recobrir com uma meia de pano, sem calcanhar nem ponta.

Hidroterapia

Tratamentos termais a critério médico.

Homeopatia

  • Arnica D3 (líquido): Tornar 20 gotas antes da refeição do meio-dia;
  • Viscum album D6 (líquido): Tomar 20 gotas antes da refeição da noite.

Massoterapia

Praticar massagens, elevando os membros para o alto, sem apoiar muito, a fim de melhorar a circulação.

Voltar ao índice de Sintomas, possíveis doenças e tratamentos sugeridos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *